/ Marketing de Conteúdo

Chamadas para redes sociais: 5 dicas para divulgar seu conteúdo

Seja estratégico com suas chamadas para redes sociais para aproveitar ao máximo os artigos postados no seu blog. Compartilhar o conteúdo do seu blog nas redes sociais é uma excelente forma de aumentar o tráfego deles.

Deixe-me adivinhar. Você está lendo isso porque deseja fazer as melhores chamadas para redes sociais que seu público já viu, certo?

Escrever esse tipo de chamada pode parecer simples, no entanto, apenas escrever não garante que o internauta clique no link apresentado a ele.

Para que ele tome a decisão de abrir o link, é preciso que você o convença a fazer tal coisa. E isso pode ser bastante frustrante.

Mas não é muito difícil resolver esse problema. Você só precisa do conselho certo e um pouco de prática.

Este artigo tem como objetivo te dar esses conselhos certos, o resto depende de você, ok?

Vamos te dar cinco dicas para escrever chamada para redes sociais que convençam o público para a ação certa. Veja só:

Utilize verbos no imperativo

Lembre-se sempre de que você está pedindo uma ação. Por mais que você queira compartilhar informações com seus leitores, o objetivo ali é fazer o internauta abrir o link.

Para que suas chamadas realmente funcionem, você precisa construí-los com verbos no imperativo, que dão uma ideia de ordem ou conselho. Por exemplo:

  • Baixe o eBook;
  • Entre em contato comigo com suas perguntas;
  • Leia este artigo;
  • Aprenda.. (tema do blog post);
  • Descubra x maneiras de ...

Lembre-se que você também quer criar urgência. Portanto, expressões como: "não perca" ou "não deixe de ler" também são bem vindas.

Não estou falando de prêmios, ok?

Se o seu conteúdo foi gerado pensando na dinâmica de uma estratégia de marketing de conteúdo, certamente ele vai gerar algum benefício ao leitor.

Esse benefício precisa estar claro na chamada para redes sociais, só assim o leitor se sentirá tentado a acessar o artigo.

O que as pessoas obtêm por fazer o que você quer? Se você não deixar o benefício claro para eles, ou se o benefício não valer o clique, não adianta.

Todo conteúdo criado tem um objetivo, geralmente é tirar alguma dúvida do leitor ou ajudá-lo a entender melhor o seu problema. Na sua chamada, esse objetivo precisa estar claro.

Pode usar emojis nas suas chamadas para redes sociais!

Ah, redes sociais, né? Óbvio que pode usar emoji. Mas lembre-se sempre de prestar atenção à sua persona. Sua persona vai gostar de muitos emojis ou poucos? Ela vai preferir nenhum? Tudo isso deve ser pensado.

De maneira geral, o uso de emojis é permitido desde que não seja utilizado em excesso.

É importante também escolher bem os emojis que você usará. Eles precisam estar de acordo com o conteúdo, senão perdem o sentido, ok?

Não se esqueça do Twitter

O Twitter é uma rede social que tem limite de caracteres, por isso, ao escrever um chamada para redes sociais em que uma das redes sociais seja o Twitter é preciso lembrar do limite de 280 caracteres.

No entanto, mesmo que você esteja criando chamadas para outras redes sociais, também não precisa exagerar no número de caracteres.

Aqui na Traff, por exemplo, trabalhamos com um limite de 157 caracteres nas chamadas para redes sociais.

E a dica mais importante: seja coerente

Nada de falar na chamada do Facebook que o artigo vai resolver um problema que ele não vai.

Assim como os títulos dos blog posts, a chamada deve ser verdadeira e não pode, em hipótese alguma, fazer promessas que não serão cumpridas.

Por isso, o ideal é que as chamadas para redes sociais sejam escritas pelas próprias pessoas que escreveram os textos, pois elas são as que mais sabem sobre o conteúdo do artigo.

Seja no tipo de linguagem utilizada, na escolha dos emojis ou na quantidade de caracteres é importante manter a coerência da empresa.

Existe um tom de voz correto para cada tipo de negócio e respeitar essa forma de conversar com o público é essencial para aumentar a taxa de cliques na sua postagem em rede social.

Chamadas para redes sociais: 5 dicas para divulgar seu conteúdo
Share this