/ Marketing de Conteúdo

Os piores erros de marketing de conteúdo que você pode cometer

A eficácia do seu marketing de conteúdo pode alavancar ou quebrar seu negócio. Trouxemos para você hoje os piores erros de marketing de conteúdo que você poderia estar cometendo:

1. Não conhecer seu público (Buyer Personas)

Não entender profundamente sua persona é muito comum mas é um dos maiores erros de marketing de conteúdo

Por não ter tempo para pesquisar e entender seu público, como você pode saber quais tópicos chamam a atenção deles? Provavelmente você não faz ideia.

Uma ótima maneira de aprender mais sobre o seu público é desenvolver a persona do seu negócio, ou seja, o perfil fictício de um comprado ideal.

Faça a si mesmo estas perguntas sobre seus leitores:

  • Qual é a faixa etária deles?
  • Qual é o cargo deles?
  • Qual é o seu status financeiro?
  • Seu nível de escolaridade?
  • Quais são os seus hobbies?
  • Quais são seus pontos de dor?

Para realmente aprimorar suas personas de comprador, conduza uma entrevista com um **cliente real **(ou vários).

Os tópicos do seu blog devem depender da sua persona. A maioria das empresas veem o blog como uma oportunidade de educar e nutrir possíveis cliente, na esperança de empurrá-los para baixo no funil de vendas.

E para que isso seja possível, o conteúdo precisa estar adequado para o perfil da sua persona

2. Não fornecer qualidade

O principal objetivo do marketing de conteúdo é fornecer aos seus leitores e leads informações de qualidade.

Para manter seu conteúdo atualizado e garantir a leitura pelo seu público, é importante publicar com frequência e consistência.

Quando você não postar artigos de blog por um período significativo, os leitores deixarão de acessar seu site. Poste sempre que puder, garantindo a publicação de conteúdo de qualidade.

Se você puder postar apenas uma vez por semana, tudo bem. Concentre-se na qualidade sobre a quantidade. Quando você começa a publicar lixo, você começa a perder leitores, leads e, por fim, clientes.

Além disso, com o algoritmo de busca do Google, em constante evolução, a criação de conteúdo de qualidade é a única maneira confiável de ser encontrado e classificado.

3. Não corrigir ou editar

Para todos vocês loucos por gramática esse é provavelmente um dos seus maiores erros de marketing de conteúdo.

Com que frequência você lê um artigo no blog e a pessoa ou empresa nem sabe a diferença entre "por que" e "porque"?

Pequenos erros como esse tendem a fazer com que os leitores saiam correndo. Algo que você deve sempre fazer antes de publicar seu conteúdo é revisá-lo e fazer as alterações necessárias.

Revise prestando atenção a possíveis erros de digitação, gramática, concordância e ortografia e peça a um colega que leia também. Melhor prevenir do que remediar.

4. Não Reutilizar e Redirecionar

Se a sua empresa já cria conteúdo há algum tempo, você provavelmente publicou uma tonelada de conteúdo que abrange uma ampla variedade de tópicos. A melhor parte sobre todo esse conteúdo é que você pode usá-lo repetidamente.

Ideias para reutilizar e reutilizar conteúdo:

  • Se você tiver um relatório, ele pode ser dividido em vários artigos do blog;
  • Crie um vídeo ou uma apresentação de slides com seus artigos mais completos;
  • Tenha seus materiais de áudio e vídeo transcritos no formato escrito;
  • Aumente um conteúdo existente expandindo determinados pontos, introduzindo novas ideias, etc;
  • Compartilhe novamente um conteúdo antigo mas que ainda seja atual.

Ninguém quer reinventar a roda criando novos conteúdos todas as vezes. Uma ótima maneira de promover seus e-books é fornecer aos seus leitores um pedaço dele em um dos artigos do seu blog. Só não se esqueça de adicionar um CTA na parte inferior do artigo do blog, dizendo aos seus leitores para baixar o e-book completo.

Não deixe seu trabalho duro simplesmente desaparecer. Mantenha seu conteúdo trabalhando para você, redirecionando-o.

5. Falta de um call-to-action

Quando se trata de erros de marketing de conteúdo, muitos profissionais se esquecem de adicionar calls-to-action (CTA) a vários lugares em seus canais de marketing.

Não há melhor maneira de orientar as pessoas para outras partes do site do que por meio de CTAs claras e objetivas.

Se você não informar seus visitantes ou prospects sobre seus serviços ou produtos, como eles vão saber que você os oferece? Eles provavelmente não vão. É por isso que você deve adicionar CTAs que os enviam para essas páginas de venda ou de informações.

Cada parte do conteúdo deve ter um propósito e um CTA. Seja para obter uma cotação para seus serviços de TI ou uma oportunidade de obter uma lista de verificação gratuita, isso não importa.

Considere colocar um CTA:

  • No seu blog;
  • Em suas mensagens de email;
  • Na sua página do Facebook;
  • Em todas as páginas do seu site;
  • Nos seus e-books e webinars;
  • Em apresentações;
  • Dentro da sua assinatura de email.

6. Títulos aleatórios

Como é que um dos artigos do seu blog pode ver centenas de visualizações, enquanto outro apenas fica na prateleira coletando poeira?

A verdade é que há uma tonelada de fatores que contribuem para o sucesso e o fim do conteúdo que você oferece.

Os próximos 4 erros descritos aqui (esse e mais 3) falam especificamente dos erros na produção do conteúdo, o que pode estar custando oportunidades valiosas para sua empresa.

O primeiro deles é um título inadequado. Se não há um estudo por trás de cada título, o texto como um todo talvez não gere os resultados que você deseja.

O título do seu conteúdo geralmente serve como a primeira linha de comunicação entre um cliente e sua marca.

Se você está procurando uma maneira de formatar seus títulos para garantir que eles recebam a atenção que merecem, considere revisitar as análises do seu site.

Ao analisar os títulos que tiveram um bom desempenho no passado, você descobrirá informações que podem ser usadas para criar títulos futuros.

Além disso, a análise de compartilhamento ajudará você a escolher os títulos que foram bem recebidos pelo seu público em plataformas de mídia social.

Um compartilhamento em redes sociais é valioso em termos de distribuição de conteúdo, pois abre um novo caminho para o seu conteúdo alcançar um público inexplorado.

7. Sem compartilhamento

Embora isso possa não parecer um problema em um primeiro momento, pedir a seus leitores que copiem, colem e compartilhem manualmente seu conteúdo pode, muitas vezes, pedir muito.

Pense na maneira como você consome conteúdo.

Muitas vezes você se vê lendo um artigo, você vê o valor nele, você vai encontrar o botão de compartilhamento para que você possa espalhar a palavra para seus seguidores... e então não é encontrado em lugar algum. Decepção.

Você quer que seja tão fácil quanto humanamente possível para os leitores compartilharem seu conteúdo.

Se você não conseguir criar uma maneira rápida e fácil para que eles compartilhem seu conteúdo diretamente, você corre o risco de perder essa oportunidade de compartilhamento.

Os botões de compartilhamento social não apenas melhoram a experiência do usuário, como também contribuem para o nível de exposição da sua marca.

Tudo o que precisamos é de uma compartilhamento para que seu conteúdo chegue em um novo leitor, que pode então compartilhar com os seus seguidores, que poderão depois twittar para o seu público, que ... bem, você entendeu.

8. Falar com a multidão errada

Ao criar conteúdo, muitos profissionais de marketing são atormentados pela ideia de que precisam agradar a todos e isso é um erro de marketing de conteúdo terrível.

Eles reconhecem que a criação de conteúdo atraente e consistente tem a capacidade de atrair, converter, fechar e encantar os clientes.

O problema com essa abordagem de criação de conteúdo é que você simplesmente não pode agradar a todos e fazer isso bem. Escreva sobre o que você sabe, o que você entende e sobre o que seu público quer saber.

Se você tentar agradar a todos, perceberá que é difícil atrair um público fiel, já que seu conteúdo estará em todo o lugar, em vez de se concentrar nos interesses e necessidades de um determinado grupo.

Para criar conteúdo verdadeiramente engenhoso, você deve saber o que motiva sua persona.

9. Venda egoísta

Não há nada pior do que um convidado de festa que só quer falar sobre si mesmo. Eles mastigam seu ouvido por horas e não deixam você falar, enquanto você fica de pé ali, com o olhar entendiado, concordando com tudo que dizem.

Muitas vezes você sai da conversa com um gosto ruim na boca, pois não consegue compreender como alguém pode ser tão egoísta. Bem, o mesmo se aplica à criação de conteúdo.

Ninguém quer ficar preso lendo um artigo no blog escrito por um escritor de auto-serviço, então evite criar conteúdo que seja tudo sobre você, você, você.

Em vez disso, concentre-se em orientar seu conteúdo em torno das necessidades de seu público. Pense nas suas postagens no blog como uma oportunidade de fornecer aos* prospects* um recurso valioso, não um argumento de vendas.

Uma das coisas mais importantes a ter em mente ao criar um novo conteúdo é que ele deve atender às necessidades do público-alvo, não ao seu.

Quer aprender como fazer conteúdo de interesse da sua persona e que ao mesmo tempo gere resultados para o seu negócio? Baixe o nosso e-book gratuitamente: O roteiro infalível para criar conteúdos próprios para a sua persona

e-book-2

Os piores erros de marketing de conteúdo que você pode cometer
Share this