A importância do Planejamento Estratégico para as organizações

Sem dúvida, uma das maiores causas dos erros cometidos nas organizações atuais é não entenderem a importância de um planejamento estratégico bem estruturado. Se um negócio não tem ideia de para onde deve ir , vai vagar sem prioridades, mudando constantemente e com os colaboradores confusos sobre o propósito de seu trabalho.

O planejamento estratégico entrega clareza, direção e foco

Tendo isso em mente, o desenvolvimento de um Planejamento Estratégico que permeei toda a organização é essencial, mesmo que o processo demande tempo e recursos.

Desde o inicio do processo de Planejamento Estratégico até sua finalização, validação e distribuição pelas camadas da organização, ele provém clareza, direção e foco.

Seu propósito é conectar a missão e visão da organização, através de três questões: Qual nosso propósito , o que queremos alcançar e como vamos chegar lá?

A razão mais óbvia para executar o P.E. o quanto antes é: ele retira as conclusões** apenas **da mente das pessoas e as compila em um documento acessível a todos.

Obter a missão, visão e objetivos claramente articulados no planejamento, provém um mapa para o sucesso.

Confusões do dia a dia e dificuldades nas decisões estratégicas da organização são riscos que podem ser mitigados com o documento que, se consultado, vai prover os planos a longo prazo , responsáveis por cada entrega e prazos para as execuções.

A partir disso, qualquer colaborador , independente de sua posição na organização, terá uma mapa claro que guia cada pequena curva de sua estrada.

A importância do Planejamento Estratégico para o alinhamento

O planejamento estratégico não é para ser desenvolvido apenas por uma casta seleta da organização. Trazer todos para participar do seu processo de criação cria uma oportunidade de discutir as diferentes perspectivas e visões que cada um dos envolvidos nas operações.

É por isso que a elaboração do planejamento estratégico muitas vezes transforma a cultura da organização. Ele promove a troca de ideias , resolve conflitos e cria soluções inovadoras.

A maioria das organizações tem colaboradores que trabalham duro , mas acabam colocando o melhor de seus esforços em ações que não tem efeito nos grandes objetivos a serem atingidos.

Ter os colaboradores envolvidos nesse processo, não só garante que todos vão estar alinhados e prontos na hora de executar o plano , como garante que eles estarão prontos para tomarem decisões mais alinhadas e executar seu trabalho do dia a dia de forma que contribua para a visão de futuro da organização.

É por isso que o planejamento estratégico é essencial, para o junção dos recursos de forma a maximizar o sucesso da empresa.

O Planejamento deve externar a mensagem

Mesmo tendo afirmações de visão e missão fortes, na maioria dos casos, a liderança das empresas mantém a estratégia trancada dentro de suas cabeças. Quase sempre, o CEO entende o direcionamento estratégico e as táticas que precisam ser executadas para obter o sucesso, concorda?

Infelizmente, sem a transcrição desses pensamentos em um documento único , apenas um pequeno grupo entenderá as prioridades a serem executadas.

Dessa forma, os objetivos vão se diluindo ao permearem as camadas da organização. Até que chegue de forma diluída e inobjetiva nos responsáveis pela execução das ações de rotina.

Mas apenas escrever o planejamento estratégico não garante seus resultados. Ele deve ser gerenciado, acompanhado de forma recorrente e unificado com planos operacionais, planos de projeto e planejamentos de otimização de ações.

Não só de visualização vive a organização

O planejamento estratégico entrega diversos outros benefícios, como auxiliar a desenvolver uma visão clara da organização como um todo , de forma a conseguir analisar vantagens e desvantagens em relação a concorrentes e desenvolver diferenciais competitivos claros.

O planejamento também auxilia na priorização das necessidades financeiras da empresa, direcionando o emprego de recursos nas áreas realmente importantes a longo prazo.

Também provém um direcionamento claro para o desenvolvimento de planejamentos de ações , que são derivados das visões estratégicas. É como em uma pirâmide : O planejamento estratégico da a base forte para se construir o planejamento de operações, que por sua vez guia as execuções do dia a dia.

Algumas orientações para a elaboração de um bom planejamento

Para executar o planejamento estratégico, temos que levar em conta alguns pontos principais de atenção. Completando com inteligência e senso crítico esses pontos, o resultado será um planejamento estratégico eficaz e assertivo.

Inicie o planejamento com uma análise completa de onde a organização está no momento. Qual o momento atual das operações, da equipe, do mercado que a organização está inserida.

Análise para onde a organização quer ir , quais objetivos querem cumprir , como quer ser visto no mercado e quais problemas quer solucionar.

Após essas duas análises, defina o caminho que deve ser traçado para levar a organização do ponto A para o ponto B. Devem ser definidos as métricas de análise de mudança do mercado (para adaptar estratégias ao longo do tempo), os objetivos a serem cumpridos ao longo do caminho, e finalmente as estratégias para cumprir com esses objetivos.

Todos esses pontos devem ser traduzidos em planos de ação claros , que orientem passo a passo as entregas necessárias para cumprir com os objetivos definidos.

Por fim: o Planejamento estratégico não é um Plano de negócios

Se você chegou até aqui na leitura, já entendeu, mesmo que minimamente, sobre a importância do Planejamento Estratégico para as organizações. Porém, é muito importante mostrar a diferença entre o Planejamento Estratégico e um Plano de negócios. O plano de negócios tem como objetivo estruturar recursos e esforços e o planejamento estratégico tem o objetivo de garantir o emprego destes recursos e esforços da melhor maneira possível.

Se estiver convencido da necessidade de desenvolver o P.E, entendenda a sua realidade organizacional atual. Sua organização tem clareza dos recursos disponíveis (tanto financeiro quanto humanos)? Tem clareza do cenário atual de mercado e as oportunidades que esse cenário proporcional? Tem as operações básicas bem formuladas?

Se a resposta for não, sugiro que esse seja o passo a ser tomado antes de reunir a equipe e pensar no Planejamento Estratégico.

Porém, se a resposta for sim, o mercado te provém de uma série de ferramentas que auxiliam a iniciar seu desenvolvimento. Com certeza esse documento do Sebrae te ajudará nos primeiros passos.

A importância do Planejamento Estratégico para as organizações
Share this