/ Marketing de Conteúdo

Os 8 melhores tipos de conteúdo para fazer marketing de conteúdo

O marketing de conteúdo tornou-se uma das mais poderosas estratégias de marketing digital para empresas de todos os tamanhos e setores. No entanto, quando se trata de desenvolver sua estratégia, pode ser difícil decidir quais tipos de conteúdo são os melhores para expandir seus negócios.

Abaixo, discutiremos os 8 principais tipos de conteúdo de alto desempenho utilizados em estratégias de marketing de conteúdo e como sua empresa pode usar cada formato para engajar seus leads e impulsionar as vendas.

1. Blogs

O blog é um dos tipos de conteúdo mais populares no marketing de conteúdo, tanto para as pequenas empresas quanto para as grandes.

E por um bom motivo!

Blogs são uma das melhores maneiras de melhorar o SEO e direcionar mais tráfego orgânico para seu site a partir dos mecanismos de busca.

Isso pode ajudar você a aproveitar ao máximo seu orçamento de marketing limitado, complementando qualquer publicidade com seu novo canal de tração.

Na verdade, de acordo com a Forbes, os sites que incluem um blog normalmente têm 434% mais páginas indexadas do que aqueles que não o fazem.

Isso significa que sites com blogs têm uma chance maior de aparecer na primeira página de mecanismos de pesquisa, como o Google, quando os consumidores pesquisam palavras-chave relevantes.

Além disso, os sites de negócios com blogs têm 97% mais backlinks , o que também ajuda na otimização de mecanismos de pesquisa.

Os blogs não apenas ajudam a melhorar a otimização do seu mecanismo de busca, mas também são uma ótima maneira de construir relacionamentos com seus leads e clientes atuais.

Quanto mais conteúdo valioso você fornecer, maior será a probabilidade de seu público-alvo considerar sua marca quando ela estiver pronta para comprar.

Os blogs são uma maneira eficaz de fornecer valor rapidamente por meio de conteúdo.

Se você quiser usar o blog para melhorar seu marketing de conteúdo e expandir seus negócios, será necessário começar com uma estratégia que inclua os tópicos que você pretende abordar em seu blog.

Faça uma pesquisa de palavras-chave para ver o que os consumidores estão digitando nos mecanismos de busca para encontrar marcas como a sua.

Em seguida, considere quais outros tópicos ou perguntas podem ser relevantes e crie conteúdo de blog sobre esses tópicos.

2. Vídeos

Se você quiser permanecer competitivo no movimentado mercado digital, é vital que encontre uma maneira de atrair a atenção de seu público-alvo e envolvê-lo rapidamente.

Os consumidores de hoje estão vendo mais conteúdo em vídeo do que nunca. Na verdade, um terço de toda a atividade online é gasto assistindo a conteúdos em vídeo.

Esse fato faz do vídeo um dos melhores tipos de conteúdo para alcançar e engajar seus consumidores-alvo, independentemente do setor em que você esteja.

O vídeo é uma ótima tática de marketing de conteúdo para pequenas empresas, pois oferece um retorno de investimento bastante atraente.

De acordo com a BrightCove, marcas que usam vídeo podem esperar um aumento médio de 157% no tráfego orgânico proveniente de mecanismos de busca.

O vídeo também ajuda a aumentar o tempo gasto no site em 105%.

Quanto mais tempo seus clientes gastarem em seu website, maiores serão as chances de a sua empresa realizar uma venda.

Quando se trata disso, você simplesmente não pode ignorar o poder do valioso conteúdo de vídeo.

Se você quiser aproveitar o poder do vídeo, precisará considerar quais tipos de conteúdo e tópicos atrairão mais seu público. Isso dependerá, em última instância, de onde sua audiência está na jornada de compra.

Vídeos informativos curtos e chamativos podem ajudar você a envolver os consumidores no estágio de conscientização.

Já os vídeos de instruções e as demonstrações de produtos são ótimos para influenciar as decisões de compra entre os consumidores nos estágios de decisão.

3. Infográficos

Os infográficos ajudam as empresas a instruir seus públicos e fornecem informações úteis que podem agregar valor aos leads e clientes.

Esse formato de conteúdo visual ajuda os espectadores a visualizar melhor os dados, como as estatísticas, para que possam ter uma ideia melhor de porque algo é valioso ou como algo funciona.

Aqui está um exemplo de um infográfico criado para conscientizar as pessoas sobre o consumo de água:

infografico-agua

Um infográfico precisa conter elementos visuais atraentes que sejam relevantes para o tópico e facilitem para o espectador entender as informações apresentadas.

Se sua empresa optar por usar os infográficos para atrair e engajar seu público, considere quais são os tópicos mais adequados para esse formato.

Normalmente, qualquer informação que se beneficiaria de uma ajuda visual pode fazer um excelente tópico de infográfico.

Você pode usar infográficos para explicar um assunto complicado, apresentar estatísticas que ajudem os outros a entender o valor do que sua empresa oferece ou até mesmo oferecer um diagrama do seu produto.

4. Cases

Outro dos tipos de conteúdos bem valiosos são os cases.

Os cases são basicamente histórias de clientes que ilustram como sua empresa ajudou um cliente a obter sucesso.

As empresas podem usar cases para destacar aplicativos ou usos especiais para seus serviços e produtos.

Os consumidores gostam de cases porque esse tipo de conteúdo os ajuda a entender melhor como sua marca pode agregar valor em suas vidas ou negócios.

Embora você possa fornecer aplicativos ou usos gerais para seus produtos ou serviços, um exemplo da vida real geralmente é mais valioso, pois ajuda sua empresa a criar confiança com novos leads.

Se você planeja usar cases como parte do seu marketing de conteúdo, é importante considerar cuidadosamente quais dos seus clientes você pede para servir como um exemplo de estudo de caso.

Escolha estrategicamente os clientes que se beneficiaram de maneira significativa graças aos seus produtos ou serviços.

Você também deseja trabalhar com clientes que estejam dispostos a fornecer não apenas sua permissão para ser usada como assunto do case, mas também algumas citações e estatísticas que ilustram como sua empresa os ajudou a ter sucesso.

Os cases podem ser armazenados no site da sua empresa, mas você também pode usá-los de outras maneiras.

Você pode usar exemplos desses cases em seus blogs, e-books, postagens em redes sociais e outros tipos de conteúdo.

Sua equipe de vendas também pode querer usar essas histórias ao conversar com leads, como forma de convencê-los a fechar negócio.

Por exemplo, se o novo lead tiver características semelhantes de um cliente anterior que aparece em um case, o vendedor poderá fornecer o case ao lead para que ele possa entender melhor o valor que seu negócio pode oferecer.

5. E-books

Os e-books é um dos tipos de conteúdo muito utilizado. Ele tem um formato longo que as empresas podem usar para fornecer valor a seus leads e clientes.

A palavra de ordem aqui é valor. Seu e-book não deve ser um anúncio do seu produto. Em vez disso, deve fornecer algum tipo de informação útil e insight para o seu público-alvo sobre suas necessidades e desafios.

Como muitos outros tipos de conteúdo, não se trata de vender para seu público-alvo, mas de construir um relacionamento com os consumidores-alvo para que eles confiem em sua marca e venham até você quando estiverem prontos para fazer uma compra.

Os e-books são um dos melhores tipos de conteúdo para coletar informações de leads.

Isso porque eles são tipicamente fechados, o que significa que os visitantes devem fornecer algum tipo de informação sobre si mesmos em troca do download do e-book.

Veja um exemplo de uma página de download (Landing Page) de um e-book aqui da Traff:

landing-page-traff-1

Observe que o conteúdo da landing page foi criado especificamente para o download deste e-book.

A página informa ao leitor o que eles podem esperar obter do conteúdo, enquanto o formulário principal pede informações que ajudarão a empresa a entender melhor quem é o usuário e o que ele pode precisar.

É importante observar que os e-books exigem um pouco mais de investimento do que alguns outros tipos conteúdo, como artigos para blogs ou postagens em redes sociais.

Eles são mais longos e precisam de mais dedicação para serem criados. No entanto, não deixe que isso o impeça de criar um e-book eficaz.

Os leads gerados por meio desse conteúdo fechado fornecerão um retorno atraente sobre o investimento que fará com que qualquer momento ou dinheiro investido no projeto valha a pena no final.

6. White papers

Os white papers são semelhantes aos e-books em vários sentidos. O white paper é outro tipo de conteúdo de formato longo que pode ser eficaz como um ímã de lead.

No entanto, a principal diferença entre e-books e white papers é que os white papers tendem a ser um pouco mais densos em informações, orientados a dados e focados em detalhes.

Isso torna os white papers um dos tipos conteúdo comuns para B2B e outras pequenas empresas que desejam construir uma liderança de pensamento e ganhar mais respeito em seu setor.

Um dos maiores benefícios dos white papers é que eles podem ajudar sua pequena empresa a coletar informações sobre novos leads.

De acordo com um relatório da DemandGen, 76% dos compradores entrevistados disseram estar dispostos a compartilhar informações sobre si mesmos com uma empresa em troca de um white paper.

Essas informações que os consumidores compartilham com sua empresa não apenas fornecem mais informações sobre seu público-alvo, como também fornecem uma maneira de você manter contato com um lead por um tempo considerável depois de fazer o download do conteúdo.

7. Entrevistas

Entrevistas com especialistas do setor ou até mesmo com seus próprios clientes são outro dos tipos de conteúdo de alto desempenho.

O conteúdo da entrevista fornece informações valiosas para os visitantes do seu site, que podem ajudá-los a entender melhor seus desafios e necessidades.

Além disso, é uma ótima maneira de posicionar sua empresa como um especialista no setor.

Existem algumas maneiras diferentes de você usar entrevistas como parte da sua estratégia de marketing digital:

  • Organize uma entrevista ao vivo através de um webinar ou transmissão ao vivo como o Facebook Live;
  • Grave o conteúdo da entrevista e disponibilize-o no seu site e no YouTube;
  • Crie conteúdo de entrevista por escrito em seu blog;
  • Procure oportunidades para ser entrevistado por fontes de terceiros.

A chave para alavancar o conteúdo da entrevista é garantir que o material forneça algum tipo de valor para seu público-alvo.

Escolha os assuntos da entrevista que podem oferecer informações úteis e informações sobre os tópicos mais importantes para seus leads e clientes.

8. Postagens de Mídia Social

Neste ponto, não é mais um segredo que as pequenas empresas podem aproveitar o poder das mídias sociais para atingir seu público-alvo.

As plataformas de mídia social, como Facebook, Twitter e Instagram, ajudam as empresas a alcançar novos públicos e cultivar relacionamentos com os clientes.

O conteúdo de suas postagens de mídia social tem um papel importante na forma como sua empresa atrai novos leads e como se relaciona com clientes existentes.

Entender como usar as postagens de mídia social como parte de sua estratégia de marketing de conteúdo dependerá de quais são seus objetivos.

Quando se trata de conversões, existem algumas maneiras diferentes pelas quais os vários canais de mídia social podem ser usados para influenciar as decisões de compra de seu mercado-alvo.

As postagens de mídia social podem ser usadas para ajudar novos leads a descobrir seus produtos, alertar os consumidores sobre vendas e promoções e fornecer aos clientes potenciais e clientes informações adicionais sobre seus produtos.

Embora o conteúdo de mídia social possa ser usado para influenciar diretamente uma compra, também é importante lembrar que essas mídias são um dos melhores tipos de conteúdo para nutrir leads.

Você pode usar as postagens de mídia social para iniciar uma conversa com os consumidores e envolver seu público-alvo.

Certifique-se de que você tenha um mix de conteúdo promocional e informativo em seus canais de mídia social.

Quer ter receber mais conteúdos informativos como esse e ficar sempre por dentro dos melhores tipos de conteúdo para sua estratégia de marketing? Então assine nossa newsletter!

Os 8 melhores tipos de conteúdo para fazer marketing de conteúdo
Share this